Petrobras mantém preço da gasolina nos pontos de venda a distribuidoras nesta segunda



A Petrobras reduziu a frequência de reajustes na gasolina neste ano.
A Petrobras manteve nesta segunda-feira o preço médio da gasolina a R$ 1,9750 por litro nas refinarias, valor estável desde 23 de abril em todos os seus 37 pontos de venda a distribuidoras, apontou tabela publicada no site da estatal.

A Petrobras reduziu a frequência de reajustes na gasolina neste ano. Para evitar perdas, defende que tem utilizado de mecanismos de hedge.

O último reajuste na gasolina foi na terça-feira passada e, de acordo com a sistemática de sua política de preços em vigor desde setembro, a companhia pode segurar o valor do produto por até 15 dias nas refinarias.

O preço médio do diesel também foi mantido, a R$ 2,2470 por litro, conforme previsto na atual sistemática de preços para o combustível fóssil, que prevê reajustes em períodos sempre iguais ou acima de 15 dias.

A última alteração no preço do óleo se deu em 18 de abril. Dessa forma, um novo reajuste deve ocorrer apenas a partir de 2 de maio.

A Petrobras afirma que sua política de preços para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras tem como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias.

O repasse dos valores aos consumidores finais, nos postos, depende de diversos fatores, como impostos, margens de distribuição e revenda, além de misturas obrigatórias de biocombustíveis, dentre outras questões.

Fonte: Época Negócios